iphone_edge

Ao contrario do que inicialmente todos esperaríamos, os novos iPhone 7 não trarão grandes novidades estéticas, ficando as mesmas supostamente guardadas para a celebração dos 10 anos de iPhone.

Não percas: Tech Mondays: aproveita até 15% de desconto em smartphones LG, Apple, Meizu, Asus e Lenovo

   

Para 2017 espera-se que os smartphones da Apple migrem finalmente para um corpo totalmente em vidro e os seus ecrãs passam a ser AMOLED. No contexto deste último ponto, os mais ambiciosos adorariam ver um equipamento com laterais curvas, semelhante ao que a Samsung faz com os seus modelos Edge e o novo Galaxy Note 7.

Ainda há umas semanas uma nova esperança para estes últimos surgiu, pois a Apple patenteou uma nova tecnologia que envolvia os tais ecrãs com laterais curvas. E hoje surgiu o rumor de que em 2017 existirá um terceiro modelo iPhone com um ecrã OLED e com as duas laterais curvas.

Tendo então por base o relatório divulgado pela Nikkei, no próximo ano a Apple introduzirá um total de três iPhone´s. Dois deles serão os habituais iPhone de 4.7 polegadas e o modelo Plus com 5.5 polegadas, com ecrãs LCD, e um terceiro modelo "premium" poderá ter mais de 5.5 polegadas, mas desta feita dual-edge.

Ora bem, no passado foi já dito que em 2017 a Apple iria migrar, em todos os seus modelos, para ecrãs OLED, contrariando assim os rumores de hoje. Por outro lado, já houve quem dissesse que só em 2019 é que todos os modelos teriam ecrãs OLED e esse vai mais de encontro a este relatório.

Uma vez que a Aple aparenta estar também já a trabalhar em ecrãs curvos, acredito que no próximo ano nos possam trazer um modelo Edge, mas num total de três variantes já me custa um pouco a crer. Em todo o caso estamos ainda a um ano da apresentação destes novos modelos e até lá ainda muita tinta correrá.

Talvez queiras ver:

Viaphonearena
Fontenikkei

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.