Apple vê-se 'obrigada' a fechar parceria com Huawei nos modem 5G

António Guimarães

A Huawei não costuma vender os seus chips a outras empresas mas isso pode mudar em breve. A empresa chinesa já manifestou várias vezes o seu interesse em vender os modem Balong 5000 mas apenas à Apple.

O CFO da empresa, Yu Chengdong, reforçou que a Huawei tem a oportunidade de negócio disponível para a Apple. Contudo, porque é que a empresa de Cupertino poderia ter interesse em fechar esse negócio?

iphones

A verdade é que se a Apple pretende implementar tecnologia 5G nos seus iPhone, encontra-se de mãos atadas de certa forma. É muito provável que a sua única opção seja mesmo fechar uma parceria com a sua concorrente.

A utilização de chips da Huawei por parte da Apple tem muitas implicações

Já falámos anteriormente na situação da Apple em relação ao 5G. A empresa pretende apostar mas não consegue encontrar uma fabricante para fechar uma parceria.

A Qualcomm seria a primeira candidata e provavelmente a mais adequada. No entanto, a Apple e a Qualcomm encontram-se actualmente a travar uma batalha legal sobre certas patentes então uma parceria está fora de questão.

De seguida temos a Intel, a próxima escolha óbvia para a Apple. O problema é que pelos vistos a Intel não irá conseguir produzir o número de chips desejado pela Apple atempadamente.

balong

Finalmente temos a Samsung que simplesmente não tem capacidade de produção para fabricar a quantidade que a Apple pretende. Resta ainda a Mediatek mas essa escolha é pouco provável.

Uma parceria entre a Huawei e a Apple é algo que não passa na cabeça de muitos mas de momento, parece ser a única opção viável. Todavia, existe um grande impeditivo: o governo americano.

A Apple a utilizar modems da Huawei implica que o governo dos Estados Unidos deixe de banir a marca no país, algo muito improvável. A solução seria vender iPhones com chips Huawei fora da América, o que não deixa de representar grandes perdas para a Apple.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.