Xiaomi Redmi Note 4 Android Oreo
O que aconteceu à linha Redmi Note 4?

A linha de produtos Xiaomi Redmi Note 4 é uma das mais populares não só na China mas também nos mercado internacionais. Aliás, segundo os dados da AppBrain este foi o smartphone que corou a Xiaomi como principal construtora do mercado indiano, o 2º maior mercado mundial de dispositivos móveis. Se estas à espera de um Xiaomi Redmi Note 5 então tenho más notícias para ti. A única alternativa será o Xiaomi Redmi 5 Plus.

Então, porque é que o Redmi Note 4 não terá um sucessor? O que terá motivado a marca a deixar cair por terra esta importante linha de dispositivos? Verdade seja dita, já passou um ano desde o seu lançamento e se estavas à espera de um sucessor para este equipamento então teremos más notícias para ti.

Vê ainda: 29 aplicações gratuitas na Google Play Store para o teu Android

Tendo em conta a sua popularidade faria sentido que a Xiaomi tivesse já um sucessor direto para este equipamento. Contudo, com base em tudo aquilo que tem vindo a ser divulgado na web e com base no nosso conhecimento sobre a marca, é extremamente improvável que o Redmi Note 5 seja lançado.

Xiaomi Redmi Note 5 foi substituído pelos Redmi 5

Em primeiro lugar, é necessário diferenciar a linha Redmi da linha Redmi Note. Por norma, a diferença residia no tamanho e nas especificações dos dispositivos apesar de ambos se inserirem no segmento de gama média e gama de entrada.

Recentemente, no final de 2017 a marca deu-nos dois novos smartphones mas não da linha Redmi Note.Em vez disso, a marca tem dois “Redmi Note 5” sob disfarce, os Xiaomi Redmi 5 e Xiaomi Redmi 5 Plus. Dois equipamentos que são uma autêntica lição de humildade.

Estes, apesar de não serem sucessores diretos para a linha Redmi Note chegaram para os substituir. Basta olhar para as suas especificações ou características técnicas para nos apercebermos de que estes Redmi 5 e Redmi 5 Plus estão destinados a preencher o vazio deixado pelos Redmi Note.

Se estavas à espera do novo Xiaomi Redmi Note 5 devido ao seu grande ecrã a processador mais potente, bem como mais memória RAM, mais bateria e armazenamento então o Xiaomi Redmi 5 Plus tem tudo isso. Melhor ainda, o seu preço dificilmente poderia ser mais apelativo.

Com 5.7 e 5.9 polegadas, os novos Xiaomi Redmi 5 e Redmi 5 Plus

Europa Android Xiaomi Redmi 5 Xiaomi Redmi 5 Plus
Os dois novos smartphones serão sem dúvida bem recebidos, sobretudo nos mercados em desenvolvimento

A própria existência do modelo Xiaomi Redmi 5 Plus mostra-nos uma mudança de paradigma na marca. Nunca antes esta tinha lançado uma versão “Plus” com maior ecrã e especificações mais poderosas do que o seu “companheiro” Redmi. Bom, há sempre uma primeira vez para tudo. E pelo menos assim os consumidores terão menos uma “rasteira” na nomenclatura dos produtos.

Não é de todo tarefa fácil memorizar todas as linhas de produtos desta construtora. Começando pelas suas ofertas de gama baixa, a linha Redmi na qual se inseria a linha “não tão baixa”, a linha Note. As suas ofertas de topo englobam os “Mi” e no topo mesmo lá em cima temos os “MIX”. Agora, os consumidores terão que aceitar o facto de não termos um Xiaomi Redmi Note 5.

Xiaomi Redmi 5 Plus veio preencher o segmento de entrada / gama média.

Caso querias um Xiaomi económico deverás olhar para os Xiaomi Redmi 5 e Redmi 5 Plus. Principalmente para esta versão “Plus” que se apresenta superior não só em nome ou tamanho mas também em características técnicas.

Alguns consumidores poderão necessitar de algum tempo para se habituar à ideia da linha Redmi Note ter chegado ao fim. Todavia, com base em tudo o que temos visto, este parece ser efetivamente o rumo da marca.

Aliás, se quiseres comparar as especificações entre o Xiaomi Redmi 5 Plus e o Redmi Note 4 não vais encontrar grandes diferenças. Aliás, com a excepção do ecrã / display 18:9 no novo modelo não encontramos praticamente nada que os distinga. O processador Qualcomm Snapdragon 625, a quantidade de memória RAM, até mesmo a câmara fotográfica…

Os novos Xiaomi Redmi 5 e Xiaomi Redmi 5 Plus chegarão à Europa em fevereiro

oficial Xiaomi Redmi 5 Plus TENAA
O modelo Plus veio suprir a necessidade de um novo modelo “Note”

E se por um lado isso deixa bastante espaço para melhoria. Sendo esse o único argumento a favor de um Xiaomi Redmi Note 5. Não vimos até à data nenhum indício que corrobore essa possibilidade. Nenhuma fuga de informação minimamente credível nos deu um vislumbre sobre tal dispositivo. Não que isso nos deixe surpreendidos.

Seria mais rentável para a marca lançar uma versão melhorada do novo Redmi 5 Plus. Isto claro, a seu tempo e quanto tal se justificasse. Tudo isto em nome da simplificação e uniformização.

O consumidor verá os seus interesses protegidos com os dispositivos existentes. Se procuram um grande ecrã terão as 5.7 polegadas do modelo Plus. Caso contrário, o modelo base também satisfará as necessidades de muitos consumidores. Note-se ainda que ambos os dispositivos se situam, em média, abaixo dos 200€.

A chegada aos mercados globais de ambos os dispositivos deverá ocorrer apenas em fevereiro. A marca poderá aproveitar o Mobile World Congress em Barcelona para nos apresentar propriamente estes dispositivos.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Qualcomm Snapdragon 670 tem uma performance idêntica ao OnePlus 3

Huawei P20 não deverá ser apresentado no MWC 2018

Samsung lucra mais com o iPhone X do que com o Samsung Galaxy S8

Fonte |

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).