Smartphone descarrega bateria rápido? A culpa pode ser do WhatsApp! Eis o que fazer

Filipe Alves
Comentar

Utilizadores por todo o mundo foram reportando problemas com a autonomia do smartphone nos últimos tempos. Pois bem, parece que o problema é a aplicação do WhatsApp.

Aparentemente, um bug na mais recente versão da aplicação está a consumir consideravelmente mais bateria do smartphone do que o normal. Existem utilizadores que estão a reportar uma drenagem até 40% diário.

Bug do WhatsApp existe para Android e iOS

Sejas Android ou iOS. Parece que o bug está nas duas plataformas. Nada foi confirmado pelo Facebook, empresa que comprou o WhatsApp, porém, utilizadores que já desinstalaram a aplicação já referiram que o problema é mesmo a aplicação.

same here pic.twitter.com/P16y8zrQn8

— 𝗔𝗻𝗱𝗿𝗲𝘄 (@AndreVanDal_) 8 de novembro de 2019

😱 pic.twitter.com/Ax94Eg3AYg

— PoisonedAtom (@PoisonedAtom) 8 de novembro de 2019

O que fazer se a o WhatsApp estiver a drenar a tua bateria

Se tens um Android existe uma forma mais simples de resolver isto. Só tens de instalar uma versão à anterior que tens instalada. Podes ver qual é a tua versão nas definições da aplicação.

Logo depois, passa no website do APK Mirror e instala uma APK da versão anterior à tua (ou uma versão beta). Pelo menos até que o WhatsApp lance uma atualização a este problema diretamente para a Google Play Store.

Lembra-te que para fazeres downgrade é possível que tenhas de desinstalar a aplicação do WhatsApp neste momento instalada. Assim sendo, confirma que fazes um backup das tuas conversas ou vai tudo à vida. Se instalares uma versão Beta não deverás ter problemas com isso. Ainda assim, um backup é recomendado.

Se tens um iPhone não há muitas soluções infelizmente. Terás de esperar que a atualização chegue ao teu equipamento e corrija o problema. Até lá podes sempre desinstalar a aplicação se a mesma não é muito importante para as tuas comunicações.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.