Samsung Galaxy S9 Plus tamanhos variantes
Parte frontal dos dispositivos em ambas as variantes. Representação pode não corresponder ao produto final.

A fabricante sul-coreana, Samsung, vai apresentar os seus novos smartphones Android topo de gama no Mobile World Congress (MWC) 2018. Será no dia 25 de fevereiro que ficaremos a conhecer oficialmente os novos Samsung Galaxy S9 e Galaxy S9+. Dois novos topos de gama que chegarão em duas variantes consoante o mercado a que se destinem.

Teremos uma variante dos Samsung Galaxy S9 equipada com o processador Qualcomm Snapdragon 845, o “motor” apresentado em dezembro de 2017. Esta variante será destinada aos Estados Unidos da América e à China, dois grandes mercados mundiais de dispositivos móveis.

Vê ainda: 41 aplicações gratuitas na Google Play Store para o teu Android

Já por outro lado, na Europa teremos os Samsung Galaxy S9 e Samsung Galaxy S9+ equipados com o novo processador da marca. Chama-se Exynos 9810 e foi apresentado no início de 2018. A variante equipada com este motor será a mais popular em todo o mundo, chegando a todos os mercados com a excepção dos dois previamente citados.

Agora, tal como nos conta a imprensa estrangeira, na figura da Sammobile, a versão do Samsung Galaxy S9 e S9+ equipados com o processador Exynos 9810 obteve uma pontuação superior nos testes da Geekbench. Ora, a Geekbench é uma plataforma de testes / benchmarks bem conhecida. Até aí estamos de acordo.

Teremos uma variante do Samsung Galaxy S9 mais rápida do que o outra?

Ora, o que é que isto nos diz e porque é vemos algumas publicações a transmitir a ideia errada de que um S9 será mais rápido do que o outro? É extremamente importante clarificar este assunto para não induzir o leitor em erro. Bem sei o quão tentador é recorrer ao clickbait mas não deixa de ser estratégias repudiáveis. Que fundamento de verdade existe em tão disseminada falácia? Atentemos nos resultados deste modelo Samsung SM-G960F.

No papel, talvez. Na prática ambas as variantes dos Samsung Galaxy S9 serão idênticass

Samsung Galaxy S9 Exynos 9810 variantes
O registo do teste na plataforma Geekbench referentes ao processador Exynos 9810

Note-se ainda que os números de modelos SM-G960 e SM-G965 seriam associados aos Samsung Galaxy S9 já durante o mês passado. Em boa verdade foi a  Federal Communication Commission (FCC) dos EUA, a agência de certificação e regulação das telecomunicações em solo norte-americano.

Desta forma, podemos já assumir com um bom grau de certeza que os modelos SM-G960 e SM-G965 se referem aos Samsung Galaxy S9 e Galaxy S9+. Agora, depois de termos visto os resultados (pontuação) na Geekbench dos S9 com o processador Exynos 9810 podemos comparar os resultados. Podemos contrapor estes números a estes que aqui vimos, alusivos ao Snapdragon 845 da Qualcomm.

Diferenças irrisórias entre o Qualcomm Snapdragon 845 e o Exynos 9810

Nos testes supra-citados, efetuados também na mesma plataforma Geekbench, o Qualcomm Snapdragon 845 (protótipo), teve uma pontuação de 2448 no teste de single core. Registou um total de 8454 teste de multi-core. Aqui cumpre salientar que o protótipo testado estava equipado com 6GB de memória RAM. Por outro lado, acredita-se que o S9 na sua versão base tenha 4GB de memória RAM, algo que terá influência nestes resultados.

Mesmo assim, a lição daqui a tirar é simples. Se as diferenças numéricas dos testes de benchmarks são extremamente magras, as diferenças sentidas pelos utilizadores serão nulas. Toda e qualquer publicação que disser o contrário está a incorrer numa simples falácia, quer o saiba, quer não.

Em suma, independentemente das variantes, ambos os Samsung Galaxy S9 serão extremamente velozes. Tal como os seus antecessores nos surpreenderam em 2017, acredito que em 2018 tenhamos outra boa surpresa.

E tu, guias-te muito pelos benchmarks ou nem por isso?

Assuntos relevantes na 4gnews:

Huawei aposta nas “fake reviews” para o seu Huawei Mate 10 Pro

Xiaomi Redmi Note 5 e Note 5 Pro – Especificações e design

Huawei responde oficialmente às acusações de “Fake Reviews”

Fonte | via

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).