Galaxy S6 câmara

O tecnologia móvel evoluiu nos últimos bastante nos últimos anos, de equipamentos com tamanhos e grossuras monstruosas, passamos a ter equipamentos mais finos e leves, porque a nível de tamanho, já me questionei várias vezes para que quero um smartphone de 6″polegadas.

Olhando para o que as empresas tem feito, vemos um investimento louco para conseguir o mais fino, o mais leve, o mais rápido, o melhor, viver nos extremos é importante para se sobressair no mercado no século XXI.

   

A Samsung conseguiu de facto surpreender com o Samsung Galaxy S6 e Galaxy S6 Edge, os terminais tem finalmente uma qualidade de construção digna de serem chamados de flagships, no entanto, quem vê um S6 não evita a questão do porquê da corcunda na câmara traseira. Não há forma de reduzir, ou pelo menos não havia até agora.

telefone antigo

Informações oficiais da Samsung indicaram que a empresa Sul-Coreana investiu na produção de sensores de câmaras com 1.0μm pixels. Comparando com o atual 1.2μm pixels do S6 sabemos que para além de reduzir o tamanho físico da câmara até 20%, este novo sensor dará tanta ou mais qualidade às câmaras de 16MP da Samsung.

Não veremos esta tecnologia no Galaxy Note 5 que será lançado já para a semana, mas a evolução terá como alvo certamente o Galaxy S7 que já se fala poder vir a ser apresentado mais cedo que o normal.

Esta nova tecnologia traz mais uma questão à Samsung, reduzir a espessura total do equipamento ou só aquela ridícula corcunda na traseira? Uma ou outra veremos garantidamente um Galaxy S7 mais fino que os modelos apresentados na MWC em Março deste ano.

Talvez queiras ver:

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.