Home Android

Os 13 melhores emuladores Android para correr jogos e apps no computador

Queres melhorar a tua performance nos teus jogos Android preferidos, mas jogar no smartphone ou tablet está a dificultar a “missão”? A solução pode estar nos emuladores Android, programas que permitem correr qualquer app e jogo Android num computador com sistema operativo Windows, Mac ou Linux.

Para que possas jogar num ecrã maior e com o conjunto rato/teclado ou para teres no PC as apps Android que não dispensas diariamente, há opções a ter em conta para vários tipos de utilização. E sem esquecer até os programadores que precisam de testar as apps que desenvolvem. Fica a conhecer os melhores emuladores Android do momento, bem como algumas dicas importantes na escolha do que melhor dá resposta às tuas necessidades.

8 emuladores Android para correr jogos e apps no PC

Bluestacks 4

emuladores Android

O Bluestacks é um dos emuladores Android que nos lembramos de usar há mais tempo, com a recente versão 4 em destaque por incluir algumas novidades interessantes. É possível correr várias apps e jogos em simultâneo (várias janelas e contas) e a simulação é em ambiente Android 7.1.2 (Nougat).

LDPlayer

emuladores Android

O LDPlayer é conhecido por ser um dos emuladores Android mais “leves” entre as soluções do género. Dá acesso direto a muitos dos mais descarregados jogos Android do momento e, além disso, a versão nova trouxe algumas melhorias. Entre elas está o sistema que evita que cliquemos fora da janela do emulador e a captação em vídeo do que se passa no ecrã.

KoPlayer

emuladores Android

É um especialista em jogos Android, este KoPlayer. Também permite gravar toda a ação em vídeo e partilhar esses conteúdos de forma simples, isto a juntar à possibilidade de simularmos um comando com o teclado e a muitas outras funcionalidades orientadas para o gaming.

MEmu Play

emuladores Android

Pensado para correr jogos Android e também para testar apps com sucesso. O MEmu Play permite ter várias janelas e contas Android abertas ao mesmo tempo, bem como ter uma experiência tranquila no uso do teclado e do rato, garantem. Compatível com computadores com CPU AMD ou Intel e com a versão Lollipop do Android.

Andy

emuladores Android

O Andy não deixa em mãos alheias a sincronização total quando estamos a correr um jogo ou uma app tanto no computador como no smartphone, por exemplo, tal como praticamente todos os emuladores mais utilizados conseguem fazer. Mais: é compatível com Windows e Mac, além de permitir usar o smartphone como comando de jogos.

Nox Player (BigNox)

emuladores Android

O Nox é também compatível com Windows e Mac, permite configurar ao pormenor todos as teclas e botões de teclados, ratos e comandos de jogos, suportando até joysticks. Como facilmente se percebe, este é um emulador totalmente virados para os jogos, o que não invalida que possamos correr com ele as nossas apps do dia a dia.

Remix OS PLayer

emuladores Android

Apesar de não funcionar em computadores com processadores AMD, o Remix OS Player é outra boa opção gratuita entre os emuladores Android. É eficaz tanto a jogar como a correr apps móveis, ao mesmo tempo que em destaque está uma barra lateral que facilita a utilização. Atenção ainda ao facto de suportar a versão Marshmallow do Android.

Droid4X

emuladores Android

Aqui está mais um emulador cuja especialidade é levar para o computador os melhores jogos Android. O Droid4X apresenta assim recursos nesse sentido, desde dar acesso direto a uma grande coleção de títulos muito jogados no momento, até à configuração do teclado e do raro, claro. Está disponível uma versão Mac.

5 emuladores Android para testar apps no computador

Android Studio Emulator

emuladores Android

O Android Studio é o emulador que a Google recomenda oficialmente para quem trabalha na criação de apps Android e precisa de testá-las a todos os níveis. É gratuita, relativamente fácil de instalar e configurar, e opções e ferramentas para os profissionais da área é o que não falta.

Genymotion

emuladores Android

A maior vantagem do Genymotion pode estar no leque alargado de compatibilidade com as várias versões do Android a partir das gerações 4 (podem não estar disponíveis as mais recentes, contudo), o que é fundamental para os criados de apps. É possível recriar vários terminais móveis com bastante pormenor e testar apps em todos em simultâneo.

Bliss

emuladores Android

Uma verdadeira ferramenta do género para programadores de apps, e por duas razões acima das demais: o Bliss permite simular a versão Oreo do Android e pode ser emulada a partir de uma pen USB, por exemplo, visto que se baseia numa plataforma de máquina virtual para funcionar. Recomendado apenas para utilizadores mais entendidos no assunto, visto que as configurações são muitas e complexas.

AMIDuOS

emuladores Android

Apesar de ser uma solução paga (apenas 14 dias de trial), o AMIDuOS é conhecido por ser bastante “leve”, pouco exigente ao nível dos recursos na máquina em que está a correr, e por mostrar compatibilidade com praticamente todas as apps Android. A configuração promete ser linear, apesar do carácter mais “profissional”.

Xamarin

emuladores Android

É gratuito apenas para um uso não comercial e equivale ao que o Android Studio permite fazer, de certa forma, incluindo, naturalmente, um emulador Android eficaz para quem é criador de apps. O Xamarin é compatível e permite usar ferramentas de plataformas com o Microsoft Visual Studio, por exemplo, e a configuração pode complicar um pouco para quem está a começar no “ofício”.

10 dicas importantes para escolher um emulador Android

  • Estes são os emuladores Android que melhor conhecemos, mas existem muitos outros que podem ser igualmente eficazes. O importante é que tenhas claro o que queres fazer com um emulador, para que possas escolher o mais indicado. Pode não ser “à primeira”.
  • A maior parte dos emuladores Android (e os mais utilizados!) são gratuitos, pelo que não terás de gastar dinheiro. Mas para o desenvolvimento de apps existem soluções pagas que fornecem vantagens e funcionalidades adicionais que valem a pena o investimento.
  • A maior parte dos emuladores são muito simples de instalar e configurar. Mas alguns requerem conhecimentos mais técnicos. Usa os mais simples, a menos que sejas programador e precises mesmo dos recursos adicionais e mais complexos.
  • Se tiveres de experimentar vários emuladores até encontrares a opção mais acertada, aconselhamos a que vás removendo do computador os emuladores que já experimentaste e não desejas mais utilizar. Isto porque manter a instalação de vários programas do género pode causar conflitos e “pesar” na performance da máquina e do sistema operativo, especialmente em ambiente Windows.
  • Lembra-te que usar um emulador Android é uma excelente forma de utilizadores de iPhone e iPad poderem ter acesso a eventuais jogos e apps desenvolvidas em exclusivo para a plataforma Android.
  • Por falar nisso, atenção ao sistema operativo do computador onde queres correr o emulador: algumas opções podem não ser compatíveis com MacOS e Linux.
  • É importante que o emulador seja o mais “leve” possível, ou seja, que não exija muito dos recursos e componentes do computador. Assim torna-se possível correr as apps e os jogos Android em computador bem mais antigos e menos bem equipados.
  • Nesse sentido, deves também dar atenção às configurações do computador onde queres usar o emulador. Podes ter de experimentar várias opções até encontrares aquela que mostra um desempenho fluido em todas as apps e jogos, sem “bloqueios”.
  • Tem em conta as versões de Android que cada emulador consegue simular, pois há jogos que precisam de versões bastante recentes. No caso dos programadores de apps, há sempre necessidades relacionadas com testes em diferentes versões Android.
  • No caso dos criadores de apps, cada emulador mais dirigido a essas tarefas profissionais inclui muitas opções e definições que permitem simular praticamente todos os terminais móveis. Explora bem estes recursos.

Editores 4gnews recomendam:

Google Play Store: Mais 14 aplicações Android Premium que estão grátis

PAC-MAN: Ralph Breaks the Maze chega à Google Play Store

Google. Android Pie passa a favorecer a Xbox à PlayStation

Especialista em gadgets desportivos, a criar conteúdos desde 2003 e a tentar "absorver" cada vez mais conhecimento todos os dias! Nos tempos livres, o sol e a família têm de ser sempre companhias presentes, de preferência junto à água. E o lema é estar sempre em movimento, não fosse esta também uma forte tendência da indústria dos smartphones, dos gadgets e do mundo tecnológico em geral.