Apple iPhone 12 com MagSafe pode desativar pacemakers, diz estudo

Abílio Rodrigues
Comentar

Uma das principais surpresas aquando da revelação dos novos iPhone 12 da Apple foi a inclusão de um conjunto de ímanes que permitem, entre outras funcionalidades, que os smartphones sejam carregados sem fios. Um estudo recente vem agora chamar a atenção para potenciais perigos desta tecnologia.

Segundo um artigo publicado no Heart Rhythm Journal o MagSafe pode interferir de forma gravosa com alguns dispositivos médicos, incluído pacemakers.

MagSafe dos iPhone 12 pode interferir com dispositivos médicos

Os especialistas chamam a atenção para o facto do problema não residir na quantidade de ímanes presentes nos iPhone 12 mas antes na sua força de atração. O estudo aponta para uma forte possibilidade de um equipamento com MagSafe conseguir desativar um pacemaker quando na sua proximidade.

O pacemaker é um dispositivo médico que tem o objetivo de regular os batimentos cardíacos. Especialmente no caso de uma frequência cardíaca mais reduzida, a irrigação do cérebro e restantes órgãos pode ficar comprometida conduzindo a sintomas como tonturas, desmaios ou cansaço.

A ideia deste estudo é chamar a atenção para a necessidade de tomar medidas para assegurar a inexistência de incidentes. É pedido às empresas que fabricam os dispositivos que considerem recorrer a opções de configuração mais inteligentes de forma a preservar a saúde dos utentes.

A sugestão passa mesmo por adotar sensores de infravermelhos ou emissores de ondas ultrassónicas que reduzem a possibilidade de interferência com outras fontes que estarão necessariamente presentes no ambiente.

Apple refere que não há perigo na utilização da tecnologia

Apesar de estarmos perante um teste isolado com dispositivos da Medtronic, será interessante seguir este assunto e atentar nos resultados de uma investigação mais aprofundada.

Há muito que se fala do potencial risco para a saúde dos dispositivos que carregamos todos os dias, com os resultados a apontarem quase sempre para alguma inocuidade.

A Apple faz referência a equipamentos médicos em alguns materiais de apoio, referindo que os ímanes presentes no iPhone 12 não colocam em risco a utilização deste tipo de dispositivos nem a segurança do utilizador.

Apesar disso talvez seja melhor ter algum cuidado com a utilização do MagSafe caso uses ou conheças alguém que use um pacemaker para regular a sua atividade cardíaca.

Editores 4gnews recomendam:

  • Apple iPhone 12 tem o dobro da vida útil face aos smartphones Android
  • Apple lança iOS 12.5.1 com melhorias para modelos antigos de iPhone
  • Apple prestes a lançar correção para problemas Bluetooth nos Mac com M1
Abílio Rodrigues
Abílio Rodrigues
Apaixonado por tecnologia desde que montou o seu primeiro computador, continua em fase lua-de-mel com tudo o que envolva um processador e permita umas sessões videolúdicas.