Google está a desenvolver novas versão do Pixelbook e Pixel Slate

Carlos Oliveira

Quando muitos já davam este departamento de hardware da Google como morto, eis que temos um golpe de face. A empresa de Mountain View afirma que se encontra a trabalhar em novas versões dos seus Pixelbook e Pixel Slate.

Estas informações chegam-nos por intermédio das publicações The Verge e 9to5 Google. A estas duas entidades a Google confirma o desenvolvimento destes novos produtos e apelida-os como “Introducing Google Hardware for Business", Ou seja, hardware da Google dedicado às empresas.

Google Pixelbook

Não se ficando por aqui, a empresa norte-americana deixa a antever grandes novidades para estes dois novos produtos. Por conseguinte, a Google refere que estes revolucionarão a forma como os utilizadores poderão trabalhar em qualquer lado.

Google afirma que os novos Pixelbook e Pixel Slate trarão novidades interessantes

"Acreditamos que há algumas coisas únicas que podemos fazer, de forma diferente, do que o Pixelbook e o Pixel Slate, que realmente lhes darão aquilo que procuram quando trabalharem na nova forma baseada na nuvem." - Steve Jacobs, líder do departamento de produtos Pixelbook.

Ainda não temos a certeza do que significarão estas novas formas de trabalhar em qualquer lado. Portabilidade foi, desde sempre, uma das bandeiras destes produtos da Google, mas a sua popularidade está longe de ter os resultados desejados.

Pixel Slate

Tal poderá dever-se ao sistema operativo usado que, em ambos os casos, é o ChromeOS. No entanto, importa notar que este sistema operativo tem maior popularidade nos EUA do que na Europa. Ainda assim, está longe dos níveis de um computador com Windows ou macOS.

Assim, renasce a expectativa em torno do que a Google andará a desenvolver de novo no seu departamento de informática. Há dias, um relatório da Bloomberg sustentava que a tecnológica poderia ter cancelado os seus projetos nesta área de operação.

Todavia, as declarações recentes de Steve Jacobs vêm demonstrar que tal não representa a realidade da empresa. Na verdade, a Google tem mesmo em mãos novos produtos do género, restando agora saber em que estes e diferenciarão dos antecessores.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.